quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Quando usar DO, DOES e o verbo TO BE

Oi pessoal. Gostaria de agradecer inicialmente às mensagens que têm chegado com pedidos de livros e envio de exercícios e redações para correção. Muito obrigado.
Tenho recebido também algumas dúvidas de assuntos básicos e gostaria de pedir desculpas. Ultimamente tenho sem querer colocado apenas material de gramática e vocabulário avançados. Vou me policiar para continuar colocando assuntos de nível básico também.
Ontem recebi algumas perguntas a respeito de como fazermos para usar o verbo to be e os auxiliares DO e DOES. É um assunto bem fácil mas extremamente importante. Ficar craque neste tópico é essencial para aprender assuntos mais difíceis depois. É como um aluno engenheiro um dia me disse com toda a razão: saber isso é como as 4 operações matemáticas básicas para um curso de Engenharia.

Mão à obra, então.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que o verbo to be (traduzido em 99% dos casos por SER e ESTAR) é um verbo que deve ser estudado à parte e normalmente não entra nas estruturas que são aplicadas a outros verbos.
Vamos lá: uma frase bem bobinha: She is Brazilian. Como vamos mexer com esta frase na negativa ? Simples, só acrescentando NOT ao verbo, que pode ou não vir abreviado.
Temos então: She is not Brazilian ou She isn´t Brazilian.

E para perguntas é só invertermos o TO BE com o sujeito da frase, ou seja, ele virá antes:
Is she Brazilian ?

Outros exemplos, agora usando o plural:
Afirmação - They are nice people.
Negativa - They aren´t nice people.
Pergunta - Are they nice people.

Usamos a mesma estrutura ao mencionarmos ações em andamento. A única diferença agora é que teremos, além do TO BE, um outro verbo, SEMPRE com ING.
Afirmação - She is watching TV.
Negativa - She isn´t watching TV.
Pergunta - Is she watching TV ?

Viram como é igual, como é fácil ?

Agora uma coisa MUITO IMPORTANTE: em uma oração em que haja verbo TO BE nunca existirá o auxiliar DO (ou sua variação DOES) e vice versa.

DO e DOES são auxiliares. Ora bolas, o que é isso ? Exatamente o que o nome diz. Se eles são auxiliares, eles auxiliam os verbos nas frases ( nâo esqueçam, qualquer verbo menos o verbo to be ).
E ao contrário do verbo to be que aparece sempre, eles não aparecem em afiramtivas. Apenas em perguntas e negativas.

Pergunta - Do you speak English ? (Esta é a estrutura básica de perguntas no presente simples em Inglês, que é AUXILIAR + SUJEITO + VERBO + COMPLEMENTO)
Afirmação - I speak English
Negação - I don´speak English.

E a variação DOES usamos para qualquer sujeito singular com exceção de I e YOU.
Does she speak English ?
She speaks English. (não podemos esquecer de conjugar o verbo em afirmações)
She doesn´t speak English.

Observção final muito importante - Este assunto, esta diferença, sofre muitas mudanças, muitas exceções mais tarde, no decorrer do curso, do estudo, nos níveis intermediário e avançado. Estudá-las agora, no nível básico, só prejudica a cabeça de quem está começando, deixando a pessoa cansada e sem estímulo. Treine bem este assunto como está que é o ideal.

Um exercício fabuloso é este aqui:
http://www.autoenglish.org/questions/gr.amdo.pdf

Outro muito bom é este aqui (mas há um erro na frase 4, pois faltou o ponto de interrogação, e na frase 11, a palavra LIKE não equivale ao verbo gostar. Eu não colocaria a 11 num material básico).
http://digitalcampus.free.fr/Level3/Unit31/SubUnit312/ComplSent01.jcl.htm

Grande abraço a todos.

30 comentários:

Anônimo disse...

ESSE ARTIGO ME AJUDOU MUITO.
THANKS. RSRS

Anônimo disse...

Obrigado!!! Você é muito didático!!!

Anônimo disse...

esse artigo desfez um nó em minha cabeça. VALEU MUITO!

Sandra disse...

VERY GOOD ARTICLE, CONGRATULATIONS

Filo disse...

Adorei a explicacao! Estou no quarto nivel de Ingles e ainda nao tido uma explicacao tao simples!

Bruno disse...

Me ajudou demais.
Obrigado.

July disse...

THANKS ME AJUDOU A PASSAR DE ANO!!!!!

Fabio Costa e Silva disse...

Que honra, July. Brigadão.

Dani disse...

muito bom

Dani disse...

muito bom

Matheus Reis Gonçalves disse...

Achei muito bom também, mas o "does" eu acho ainda muito complicando.. ;/

Matheus Reis Gonçalves disse...

Achei muito bom também, mas o "does" eu acho ainda muito complicando.. ;/

Anônimo disse...

Muito bom; valeu a dica, mas fico confusa quando uso .... your se do ou does.

Thanks. ALice

Fabio Costa e Silva disse...

Oi Alice.
Muito simples. A palavra "your" é neutra e a variação de DO ou DOES vai de acordo com o substantivo ligado a YOUR. Se for singular: DOES e se for plural: DO.
Ex: Does your brother live in SP ?
Do your parents live in SP ?

BRUNONIX disse...

ISSO ME AJUDU BASTANTE

Suellen disse...

Show... Parabéns.. Você conseguiu deixar fácil o que eu não estava conseguindo entender!!! Obrigada.

Munay disse...

muito boa explicação.Parabéns.

Luann Sambora disse...

Parabens caraa me ajudou muitoo isso!!

Xandola disse...

Muito bom, simples e legal!

Anônimo disse...

brigado brigado brigado
eu estava aprendendo isso mais o prof so ensino um poco e ja estava fazendo questoes graças a esse artigo eu consegui entender e pode fazer meu trabalheu!!!!!!ufs

Anônimo disse...

parabéns...excelentes dicas!!!!

Anônimo disse...

ótmo axei mto legal só pra quem é 1º série pq eu sou 6º série e esse assunto eu ja dei na 1º série

junior disse...

muito obrigado sanei duvidas

Sandra Moreira disse...

OOOOOi gente,estas informações me ajudaram muito,foi resposta diretas e explicadas passo à passo assim facilita o nosso estendimento.
Thank's

Anônimo disse...

achei super massa parabems pela inteligencia q voço serva de exemplo

mae do yuuki disse...

Fiquei impressionada com a facilidade q vc tem em ensinar pra quem nao sabe nada desse idioma, meu filho tem prova dia 19/09 e me pediu p ajuda-lo, mas quem nos ajudou e muito foi vc, muitoooo obrigada, que Deus continue abençoando-o e lhe capacitando em ensinar os ZERADOS como nós.
Muitooo obrigada!!!!

Fabio Costa e Silva disse...

Adorei a linda mensagem. Obrigado.
O que eu puder ajudar é só falar. Será um prazer.

Anônimo disse...

Eu adorei a sua explicaçao..
me ajudo muito.
thanks.rsrsrrs

Anônimo disse...

A questão do uso do auxiliar "do" realmente é extremamente fácil, só que sempre me enrolaram e nunca deram a dica certa, ou seja, só se uso o auxiliar "do" quando não se usa o "to be". obrigado.

Anônimo disse...

Caro, feliz por encontrar seu blog. Adorei. Parabéns.
Chamou-me a atenção o sgte texto seu e quiz também ajudar:

"DO e DOES são auxiliares. Ora bolas, o que é isso ? Exatamente o que o nome diz. Se eles são auxiliares, eles auxiliam os verbos nas frases ( nâo esqueçam, qualquer verbo menos o verbo to be ).
E ao contrário do verbo to be que aparece sempre, eles não aparecem em afiramtivas. Apenas em perguntas e negativas."

1) Quanto "nâo esqueçam, qualquer verbo menos o verbo to be", bom é lembrar de alguns outros verbos e modais como o CAN, COULD, MAY, MIGHT, SHOULD, MUST, OUGHT, etc.
Agora, quanto ao BE não precisa de Auxiliar só no Presente e no Passado, pois no Futuro e Conditional precisa sim.

2) Quanto ao Do e Does: "eles não aparecem em afiramtivas. Apenas em perguntas e negativas.", em verdade eles podem sim aparecer em afirmações quando a INTENÇÃO é ENFATIZAR ou DAR PLENA E TOTAL GARANTIA na afirmação.
Exemplo: quando vc está firmando algo e a outra pessoa não está acreditando; então vc INSISTE em afirmar o que vc acabou de dizer.
A: Mary loves me.
B: I don't believe that.
A: Yes, she loves me.
B: No, she doesn't love you.
A: Oh God! She DOES love me!

Espero ter sido útil.
Meu nome é Antonio mas geralmente uso o nick "El Alacalufe".